Exposição O Cruzeiro: as origens do fotojornalismo no Brasil

A exposição “Um olhar sobre O Cruzeiro – as origens do Fotojornalismo no Brasil” conta com mais de 300 imagens e matérias que revelam a história da principal revista ilustrada brasileira do século XX. O fio condutor é a relação entre as imagens produzidas pelos fotógrafos e as fotorreportagens com foco nas décadas de 1940 e 1950, período de maior inventividade e penetração social da revista. São apresentadas as contribuições de Jean Manzon, José Medeiros, Peter Scheier, Henri Ballot, Pierre Verger, Marcel Gautherot, Luciano Carneiro, Salomão Scliar, Indalécio Wanderley, Ed Keffel, Roberto Maia, João Martins, Mário de Moraes, Eugênio Silva e Carlos Moskovics, além de Flávio Damm e Luiz Carlos Barreto.

Ela foi inaugurada no dia 10, às 19h, noInstituto Moreira Salles, na Gávea. Na abertura, uma mesa-redonda com a curadora, além do jornalista Fernando Morais e dos fotógrafos Flávio Damm e Luiz Carlos Barreto, que colaboraram com a revista.

Alguns temas, recorrentes na publicação, serão abordados na mostra: “Fotorreportagens seriadas”, “Faits divers – entre a notícia e a ficção”, “A política na fronteira entre o público e o privado”, “A autonomia da câmera”, “A imprensa e o sistema de arte” e “O índio”. O público vai poder visitar a exposição até o dia 7 de outubro.

EXPOSIÇÃO:

Instituto Moreira Salles
Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea
Abertura: 10 de julho de 2012, às 19h
Exposição: de 11 de julho a 7 de outubro de 2012
De terça a domingo, das 11h às 20h
De terça a sexta, às 17h, visita guiada pelas exposições.

Fonte: LuLacerda

Anúncios