A fotógrafa dos famosos

Annie Leibovitz

Anna-Lou Leibovitz nasceu em 1949 no Waterbury, Connecticut. Desde muito cedo, Anna foi influenciada pela sua mãe, que em jovem foi bailarina, a ter uma mente aberta em relação ao mundo das Artes. Isso fez com que Annie Leibovitz tornar-se professora de Artes. Ingressou no Instituted Artístico de São Francisco e, pouco tempo após a sua entrada na escola, teve umas aulas de fotografia. Nessa época Annie encontrou sua verdadeira paixão.

Em 1970, Annie Leibovitz conheceu Jann Wenner, editor/fundador da revista americana ‘Rolling Stone’, recentemente criada e que estava a ser gerida fora de São Francisco. Os dois tornaram-se amigos e Annie começou a participar em diversos tipos de artigos (música, guerra, política, entre outros).

O seu primeiro trabalho foi uma sessão fotográfica com John Lennon e Yoko Ono. O seu espectacular e poderoso retrato de John Lennon acabou por fazer a capa da revista e, dois anos mais tarde, Annie Leibovitz, torna-se chefe de fotografia da ‘Rolling Stone’.

Ainda na ‘Rolling Stone’ e já passados 10 anos, Annie Leibovitz teve experiências muito boas e, por conseguinte, muito boas fotografias. Fotografou Bob Dylan, Bob Marley, Jimmy Hendrix, Janis Joplin e Patti Smith, entre muitos outros. Chegou mesmo a ser a fotógrafa oficial da digressão mundial de 1975 dos Rolling Stones.

Ainda na ‘Rolling Stone’, Annie tirou a fotografia que foi considerada pela Sociedade Americana de Editores de Revista, em 2005, como sendo a melhor fotografia de capa dos últimos 40 anos. A fotografia era composta por John Lennon, nu, abraçado a Yoko Ono que, opostamente a John, estava completamente vestida.

Horas depois, John Lennon foi assassinado em frente ao seu apartamento e essa fotografia constituiu a capa da edição comemorativa de homenagem ao grande músico.

Em 1983, Leibovitz entrou na equipa da revista ‘Vanity Fair’ e foi a primeira contribuidora, em termos fotográficos, da revista. Com este novo encargo que lhe permitia extravasar alguma da sua criatividade, Annie tornou-se muito conhecida pelos seus fantásticos e provocadores retratos de celebridades. Os mais famosos são o de Whoopi Goldberg submersa num banho de leite e o de Demi Moore, nua e grávida, a acarinhar a sua barriga. Desde então, Anna-Lou fotografou personalidades desde actores, como Brad Pitt, Angelina Jolie, Keira Knightley, George Clooney, entre outros, a bailarinos, como Mikhail Baryshnikov ou até mesmo a desportistas, como Tiger Woods, por exemplo.

Além do seu grande contributo na ‘Rolling Stone’ e na ‘Vanity Fair’, as suas fotografias apareceram, também, nas publicações ‘Vogue’, ‘The New York Times  e  por aí em diante.

Annie Leibovitz conheceu Susan Sontag, em 1989, durante uma sessão fotográfica para o livro de Sontag “AIDS and its Metaphors”. A sua relação durou até à morte de Susan, em 2004.

Por influência de Susan, Annie Leibovitz viajou, em 1993, até Sarajevo, durante a guerra dos Balcãs. Aí, Annie tirou a famosa “Fallen Bicycle of Teenage Boy Just Killed by a Sniper” que, traduzido significa “Bicicleta caída de um Adolescente morto por uma Sniper”.

“Se  não tivesse a minha câmera para me lembrar constantemente que estou aqui para fazer isto. Teria descarrilado, penso eu. Teria esquecido a minha razão de existir.”
Annie Leibovitz

Fonte: Diogo Branco

Anúncios